Grupo de Dança Pérola Negra

Belíssima apresentação do grupo de dança leopoldinense Pérola Negra, na II Conferência Municipal de Promoção da Igualdade Racial de Leopoldina, realizado dia 27 de julho de 2017 no Clube Cutubas, com o tema “O Brasil na Década do Afrodescendente: Minas Gerais Promovendo a Igualdade Racial – Por Nenhum Direito a Menos”.

IMG_20170727_182008277

IMG_20170727_152642077_HDR.jpg

O projeto “Pérola Negra” surgiu durante as preparações para a apresentação em comemoração ao dia da Consciência Negra, em novembro de 2012 na Escola Municipal Judith Lintz Guedes Machado no bairro Bela Vista.

Foi solicitado pela supervisora pedagógica da escola, que na época, era Michele Marie Marçais Ladeira, atual diretora da escola, um número de dança sobre o tema, atendendo os alunos do 1º ao 5º ano.

Diante do pedido da supervisão, a música “Pérola Negra” de Daniela Mércury foi a escolhida, a coreografia foi criada e apresentada aos alunos que demonstraram interesse em participar da apresentação.

Muitos alunos que iniciaram os ensaios desistiram antes da apresentação por relacionar a dança afro às religiões genuinamente africanas, independentemente de sua origem étnico racial. Percebemos aí que algo precisava ser feito para resgatar nos alunos o orgulho por seus ancestrais para que a partir daí eles pudessem se reconhecer como negros ou afro-descendentes.

Foi aí que resolvemos dar início ao Projeto Pérola Negra.

O Grupo Pérola Negra foi idealizado inicialmente para trazer nas suas manifestações o resgate as questões relacionadas a consciência Negra, o objetivo inicial era difundir com as nossas crianças e adolescentes participante do projeto essa ideia. Ocorre que, com o passar de tempo o grupo passou ser solicitado em outras vertentes como: Meio Ambiente, Folclore, trânsito, Festejo Natalino entre outros. Com isso ampliou mais o leque de conscientização dos nossos meninos e meninas e acabamos inserindo nesse meio o Hip Hop  influenciados por  uma CIA DE DANÇA do Estado do Rio de Janeiro  denominada IMPACTO URBANO que durante o ano vem a Leopoldina realizar conosco Oficinas e workshop com vários estilos de danças urbanas as quais utilizamos muitos do que nossas crianças aprendem nas corografias que criamos.

Embora termos sofrido positivamente esse aculturamento dançante a nossa bandeira erguida inicialmente permanece que é a consciência nossa de cada dia do nosso povo negro.

Fonte: http://leopoldinense.com.br/noticia/7678/a-arte-do-perola-negra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s